Água

Fonte: Embaixada de Israel no Brasil

http://brasilia.mfa.gov.il/mfm/web/main/document.asp?SubjectID=5835&MissionID=8&LanguageID=211&StatusID=0&DocumentID=-1

 

Água

Localizado às margens de um cinturão desértico, Israel sempre sofreu por causa da escassez de água. Descobertas arqueológicas no Neguev e outras partes do país revelam que os seus habitantes, há milhares de anos atrás, já se preocupavam com a conservação de água, conforme se evidencia por uma variedade de sistemas, destinados tanto a recolher e armazenar a água das chuvas, quanto para levá-la de um lugar para outro.

O total anual de recursos hídricos renováveis de Israel é de 1,7 bilhão de metros cúbicos, 75% dos quais são usados para irrigação e o restante para fins urbanos e industriais. Os recursos de água do país incluem o Rio Jordão, o lago Kineret e alguns rios menores. Também são utilizados fontes naturais e lençóis dágua subterrâneos, canalizados em quantidades controladas para evitar a exaustão e a salinização. Como já se chegou à utilização máxima de todas as fontes de água doce existentes, estão sendo desenvolvidos os métodos para aproveitar recursos alternativos, como a reciclagem de água de esgotos, as chuvas artificiais e a dessalinização de água salobra.

 

O Conduto Nacional

Para superar desequilíbrios regionais de disponibilidade de água, a maioria dos recursos hídricos potáveis de Israel está reunida numa rede integrada. Sua artéria principal, o Conduto Nacional, concluído em 1964, traz água do norte e do centro do país ao sul semi-árido, através de um sistema de canos gigantescos, aquedutos, canais abertos, reservatórios, túneis, represas e estações de bombeamento.





Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br