Principais Momentos Históricos - O Estado de Israel

 

1948

 

O ESTADO DE ISRAEL

 

1948

Fim do Mandato Britânico (14 de maio)
Proclamação do Estado de Israel
(14 de maio).
Israel é invadido por cinco exércitos árabes (15 de maio)
Guerra da Independência (maio de 1948-julho de 1949)
Criação das Forças de Defesa de Israel (FDI)

 

1949

Assinatura de acordos de armistício com o Egito, Jordânia, Síria e Líbano.
Jerusalém é dividida, sob domínio de Israel e da Jordânia.

Eleição do primeiro Knesset (parlamento)

Israel é aceito como o 59o. membro da ONU.

1948-52 Imigração em massa da Europa e dos países árabes.
1956

Campanha do Sinai

 

1962

Adolfo Eichmann é julgado e executado em Israel por sua participação no Holocausto.

 

1964

Completado o Conduto Nacional, para trazer água do Lago Kineret, no norte, ao sul semi-árido.

 

1967

Guerra dos Seis Dias, reunificação de Jerusalém.

 

1968-70 Guerra de Desgate do Egito contra Israel
1973

Guerra do Iom Kipur

 

1975 Israel torna-se membro associado do Mercado Comum Europeu.
1977

O Likud forma o governo após as eleições para o Knesset; fim de 30 anos de governo trabalhista.


Visita do Presidente egípcio Anuar Sadate a Jerusalém.

 

1978

Os Acordos de Camp David presentam as linhas gerais para uma paz abrangente no Oriente Médio e uma proposta de auto-governo para os palestinos.

 

1979

Assinatura do Tratado de Paz Israel-Egito.
O Primeiro-Ministro Menachem Begin e o Presidente Anuar Sadate são agraciados com o Prêmio Nobel da Paz.

 

1981

A Força Aérea Israelense destrói o reator atômico do Iraque pouco antes de sua entrada em operação.

 

1982

Completam-se as três etapas de retirada de Israel da península do Sinai.
A Operação Paz para a Galiléia expulsa os terroristas da OLP (Organização para a Libertação da Palestina) do Líbano.

 

1984

Formado um governo de unidade nacional (Likud e Trabalhista) após as eleições.
Operação Moisés: imigração dos judeus da Etiópia.

 

1985

Assinado o Acordo de Livre Comércio com os Estados Unidos.

 

1987

Distúrbios violentos e generalizados (intifada) irrompem nas áreas administradas por Israel.

 

1988

Governo do Likud após as eleições.

 

1989

Israel propõe uma. iniciativa de paz de quatro pontos.
Início da imigração em massa dos judeus da antiga União Soviética.

 

1991

Israel é atacado por mísseis Scud do Iraque durante a Guerra do Golfo.
Reúne-se em Madrid a
conferência de paz para o Oriente Médio.
A Operação Salomão traz a Israel por via aérea os demais judeus da Etiópia.

 

1992

Estabelecimento de relações diplomáticas com a China e a êndia.

 

1993 Israel e a OLP, representante do povo palestino, assinam a Declaração de Princípios sobre os procedimentos do auto-governo interino para os palestinos.
1994

Implementação do auto-governo palestino na Faixa de Gaza e na região de Jericó.
Plenas relações diplomáticas com a Santa Sé.
Marrocos e Tunísia estabelecem escritórios de representação de interesses.
Assinatura do Tratado de Paz Israel-Jordânia.
Rabin, Peres e Arafat são agraciados com o Prêmio Nobel da Paz.

 

1995

Ampliação do auto-governo palestino implementado na Margem Ocidental e na Faixa de Gaza; eleição do Conselho Palestino.
Primeiro-Ministro Yitzhak Rabin
é assassinado num comício em prol da paz.
Shimon Peres torna-se o Primeiro-Ministro.

 

Escalada do terrorismo árabe fundamentalista contra Israel.
Vinhas da Ira
, em retaliação aos ataques terroristas da Hizbullah ao norte de Israel.
Abertura de escritórios de representação comercial em Omã e Qatar.

 

1996


Escalada do terrorismo palestino contra civis israelenses. Operação “Vinhas da Ira”, resposta pelos ataques terroristas do Hezbolá contra o norte de Israel.
Benjamim Netaniahu é eleito Primeiro Ministro, forma uma coalizão de governo, encabeçada pelo Partido Likud. 

 
1997


Israel e a Autoridade Palestina assinam o “Protocolo de Hebrón”.


1998


Israel celebra seu 50º. Aniversário.
Israel e a Autoridade Palestina assinam o “Memorando do Rio Wye” para facilitar a implementação do Acordo Interino.


1999


Ehud Barak (Partido Trabalhista Um Israel) é eleito Primeiro Ministro e forma um governo de coalizão.
Israel  e a Autoridade Palestina assinam o “Memorando de Sharem el-Sheikh”.


2000


Visita do Papa João Paulo II.
Israel se retira da zona de segurança ao sul do Líbano.
Israel é admitido no Grupo Ocidental da ONU e em outros grupos.
Yasser Arafat, Presidente da Autoridade Palestina, rejeita plano de paz oferecido por Israel em Camp David, EUA, sob os auspícios de Bill Clinton.
Começa uma nova onda de violência palestina.
Renúncia do Primeiro Ministro Barak.


2001


Ariel Sharon (Likud) é eleito Primeiro Ministro, e forma um governo de unidade de base ampla.
Rejavam Zeevy, Ministro do Turismo, é assassinado por terroristas palestinos.


2002


Israel, no auge dos ataques terroristas palestinos contra civis israelenses,  lança a “Operação Muro de Defesa”, em resposta aos ataques maciços dos terroristas palestinos, contra civis israelenses.
O Primeiro Ministro Sharon dissolve o Knesset (Parlamento Israelense), conclamando à novas eleições que ocorreram em 28 de janeiro de 2003.


2003


O Primeiro Ministro Ariel Sharon forma uma coalizão de governo de centro-direita.
Israel aceita o Mapa do Caminho para a Paz.


2005


Israel executa o “Plano de Desengajamento” da Faixa de Gaza, aprovado pelo governo e pelo Knesset, retirando todos os civis e militares da região.


2006


Após o Primeiro Ministro sofrer um ataque apoplético, Ehud Olmert passa a ser o Primeiro Ministro interino.
O Primeiro Ministro Ehud Olmert, chefiando o novo Partido Kadima, forma um novo governo.
O movimento terrorista Hamas seqüestra o cabo Gilad Shalit.
O Hezbolá lança ataques contra a população civil de Israel, e seqüestra dois soldados, começando a 2ª. Guerra do Líbano.  A ONU aprova a Resolução 1705, que obriga o afastamento do Hezbolá da fronteira com Israel.


2007


Shimon Peres é eleito Presidente de Israel.
Israel e o Brasil assinam um acordo de pesquisa e desenvolvimento na área industrial.





Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br