Notícias
Jornalistas brasileiros participam de viagem a Israel

Fonte: Jornal ALEF, da comunidade judaica: www.jornalalef.com.br

Onze jornalistas brasileiros, de alguns dos mais importantes veículos de comunicação do país, tiverem a oportunidade de conhecer de perto a diversidade do Estado de Israel. Eles viajaram para o país a convite da Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) e do Projeto “Interchange”, do American Jewish Committee. Ricardo Berkiensztat, vice-presidente da Fisesp, liderou a delegação integrada por Adriana Lopes de Freitas (Rede Record), Adriana Mabília (TV Globo–São Paulo), Allen Chahad (Terra), Edilson Sacashima (UOL), Guilherme Russo (O Estado de São Paulo), Humberto Saccomandi (Valor Econômico), Luis Erlanger (TV Globo), Marcia Soman Moraes (Folha de São Paulo), Paulo Henrique Caetano Galvão (Rádio Bandeirantes), Roberto Nonato Ramos (Rádio CBN) e Sheila Magalhães (Rádio Bandnews). Em Israel, eles participaram de uma intensa agenda de encontros com lideranças e representantes israelenses e palestinos, correspondentes e editores de meios de comunicação estrangeiros, além de analistas políticos e acadêmicos.
Também tiveram a oportunidade de visitar locais históricos, políticos, religiosos e culturais, como Jerusalém, Tel-Aviv, Jaffa, Galiléia e Mar Morto e de chegar bem perto das fronteiras com o Líbano e a Jordânia, além de comprovar a modernidade de empresas israelenses, como a Better Place, que produz carros elétricos. O grupo pôde conhecer diferentes aspectos do conflito envolvendo israelenses e palestinos. No mesmo dia em que os jornalistas estiveram com Paul Hirschson, vice-porta-voz do Ministro das Relações Exteriores de Israel, Avigdor Liberman, o grupo foi ao assentamento de Ofra, na Cisjordânia, e à cidade palestina de Ramallah, onde foi recebido por Xavier Abu Eid, representante da OLP. A declaração que mais surpreendeu os convidados foi dada pelo jornalista palestino Khaled Abu Toamei, correspondente do Jerusalem Post: “Quando vejo tudo o que está acontecendo no Oriente Médio após a Primavera Árabe, agradeço por estar em Israel, onde me sinto seguro e tenho liberdade de expressão”.
Luis Erlanger, diretor da Central Globo de Comunicação, assim resumiu a viagem “passamos por uma rara experiência, daquelas que provoca reflexão do campo profissional até o pessoal, passando pelo existencial: a região e a situação são instigantes. E cheias de contradições, com a religião longe de significar fraternidade”. Já Adriana Lopes de Freitas, da Rede Record, enfatizou: "foi incrível encontrar no mesmo dia, em um intervalo de horas, representantes tão articulados e preparados de pontos de vista tão diferentes no impasse entre israelenses e palestinos. Uma experiência única que nos revelou não apenas a explicação racional, mas também a paixão e a ideologia incutidas nas raízes da crise". Para Humberto Saccomandi, do Valor Econômico, “é importante ter familiaridade com as várias versões de uma história. Só assim é possível transmitir ao leitor, de um modo coerente, a complexidade de certas situações. Isso certamente contribuirá para um melhor jornalismo”.

Jornalistas com Maria Elisa Berenguer,
embaixadora do Brasil em Israel

O grupo durante almoço com Xavier Abu Eid, em Ramallah

Jornalistas no Monte das Oliveiras



Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br