Notícias
FHC é homenageado em Tel Aviv


FHC elogia a contribuição da comunidade judaica ao Brasil


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso recebeu no dia 15/05 o título “Doctor Philosophae Honoris Causa” da Universidade de Tel Aviv. A homenagem foi realizada no campus universitário, em evento acompanhado por representantes da comunidade judaica do Brasil e transmitido ao vivo pelo Portal Terra.

Dividindo o palco com outros seis homenageados de diferentes países, o ex-presidente foi responsável pelo principal discurso da noite. “Sou um velho amigo de Israel e todos brasileiros devem muito ao país: ele foi um dos exemplos de democracia nos quais nos baseamos para estabilizar a economia brasileira”, declarou. Ressaltou diversas vezes que vê Israel como um país que preza a liberdade e a dignidade da sociedade. “Tenho, por fim, imenso respeito por essa incrível conquista dos judeus: o Estado de Israel”, completou.  Em seguida, o ex-presidente elogiou os avanços de Israel, "que irrigou desertos", mas notou que apesar das guerras vencidas o país não vive em paz na região. "Sejam firmes e pragmáticos, façam paz com os palestinos”. Fernando Henrique fez a plateia rir e aplaudir ao dizer que tinha se confundido com os papéis do discurso e talvez tivesse de "inventar alguma coisa”. "Não sou bom com as mãos", disse, segundo o correspondente da Folha de S.Paulo, Diogo Bercito.

O ex-presidente elogiou a contribuição da comunidade judaica ao Brasil e mencionou a participação de judeus no processo de reconstrução da democracia brasileira. FHC encerrou seu discurso frisando a importância da paz para a região. “Como cientista político, reconheço que existem grandes impasses. Mas estou convencido de que a paz será a conquista final da promessa judaica”.

Fernando Henrique foi o primeiro latino-americano a receber a homenagem da universidade.  O prêmio concedido a Fernando Henrique Cardoso foi criado em 1965 pela Universidade de Tel Aviv e já homenageou personalidades como a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, a chanceler alemã Angela Merkel, o escritor Amos Oz e o ganhador do Prêmio Nobel da Paz Elie Wiesel.

Fernando Henrique viajou a Israel a convite da Sociedade Brasileira dos Amigos da Universidade de Tel Aviv (TAU). O presidente da instituição, Mario Adler, esteve presente ao evento, assim como Claudio Lottenberg, presidente da Confederação Israelita do Brasil, e Jayme Blay, presidente da Câmara  Brasil Israel de Comércio e Indústria (Cambici). Também assistiram à homenagem o vereador paulistano Floriano Pesaro e dois grupos de empresários brasileiros que participaram, ao longo da semana, do Seminário de Imersão em Israel como “Start-Up Nation”, a convite da TAU, e de uma missão empresarial, coordenada pela Cambici, com o objetivo promover a economia de Israel e fortalecer relações bilaterais.

 
Fonte: CONIB


Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br