Notícias
Noite dos cristais

 

Kristallnacht    
         
    Kristallnacht (Noite dos Cristais) ocorreu na noite de 09 de novembro de 1938, quando houve atos de violência em diversos locais da Alemanha e da Áustria , então sob dominio nazista ou Terceiro Reich Terceiro Reich. Aconteceram pogroms de destruição de sinagogas, de lojas, de habitações e de agressões contra as pessoas identificadas como judias. O nome “Noite dos Cristais” deriva dos cacos de vidro resultantes desse episódio de violência racista.

Para o regime, foi a resposta ao assassinato de Ernst Von Rath, um diplomata alemão que, na época, residia em Paris, por Herschel Grynszpan, um judeu polaco, condenado múltiplas vezes à deportação da França. A pedido de Adolf Hitler, Goebbels instiga os dirigentes do “Partido Nacional Socialista Alemão” a atacarem os judeus.

Heydrich organiza as violências que deviam visar às lojas de judeus e às sinagogas. Numa única noite, 91 judeus foram mortos e aproximadamente 28 mil foram presos e levados para campos de concentração. Também 7500 lojas judaicas e 1600 sinagogas foram reduzidas a escombros.

As ordens determinavam que os atacantes deviam estar vestidos à paisana, a fim de que o movimento parecesse ser uma manobra espontânea de uma população furiosa contra os judeus. Na verdade, as reações da população foram pouco favoráveis, pois os alemães não apreciam que se ataque ou se tome a propriedade alheia. Os incêndios também chocaram uma parte da população, mas não o fato de que os judeus tivessem sido atacados fisicamente.

A alta autoridade nazista cobrou uma multa aos judeus de um bilhão de marcos pelas desordens e prejuízos dos quais eles foram vítimas. Essa noite marcou o início do Holocausto, que causou a morte de seis milhões de judeus na Europa, até o final da Segunda Guerra Mundial.






Fonte: Livro Festas Judaicas e suas Tradições pág 35 e 36.


Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br