Notícias
Há 18 anos morria um dos grandes defensores da paz e vencedor do Nobel: Yitzhak Rabin


 

Mais de 30 mil pessoas, a maioria jovens, se concentraram na “Praça Rabin”, em Tel Aviv, para lembrar, no último sábado, o 18º aniversário do assassinato de Yitzhak Rabin. O lema do ato foi: "Lembrando o assassinato, lutando pela democracia".

 

Yitzhak Rabin foi primeiro-ministro de Israel por duas vezes (1974-1977 e 1992-1995), e chefe do Estado-Maior das Forças Armadas durante a Guerra dos Seis Dias (1967). Sob seu governo, foram iniciadas negociações com os palestinos que desembocaram nos Acordos de Oslo, em 1993.

 

Em 1994, Israel e Jordânia assinaram um acordo de paz. Vencedor do “Nobel da Paz”, Rabin foi assassinado a tiros pelo extremista judeu Ygal Amir, que foi julgado e condenado à prisão perpétua.

 

Fonte: Embaixada de Israel no Brasil



Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br