Notícias
Pesquisador israelense estuda cura para doenças autoimunes.

Pesquisador israelense estuda
cura para doenças autoimunes

Cerca de quatro milhões de americanos sofrem com a psoríase, uma doença de pele crônica autoimune que ocasiona crostas branco-prateadas inflamadas. Não há cura, mas os pesquisadores israelenses creem que possam estar a caminho da formulação de uma droga experimental inovadora que poderia, pelo menos, controlar a doença. Conforme descrito no periódico “Chemistry and Biology”, pela equipe da Universidade Ben-Gurion do Negev, o estudo de dois anos e meio de trabalho, realizado em colaboração com a Teva Pharmaceutical Industries de Israel, provou que inibir a proteína do sistema imunológico Interleukin 17 foi altamente efetivo na eliminação da psoríase humana aguda introduzida em ratos. Experimentos em humanos ainda não foram feitos. O cientista Amir Aharoni explica: “Estamos agora trabalhando em duas direções: encontrar um parceiro adequado para pesquisa e utilizar uma abordagem semelhante para focar em outras doenças”, afirma. “Uma vez que a evolução direcionada pode ser aplicada a outros receptores envolvidos em doenças autoimunes e ao câncer, creio que estamos começando a desvendar o potencial dessa abordagem”. Em 2009, o mercado global, apenas para terapias de psoríase, estava avaliado em US$ 3,5 bilhões.

Um dos principais pesquisadores israelenses, Amir Aharoni
busca parceria para realizar pesquisas e investiga como os novos
experimentos pré-clínicos poderiam curar outras doenças autoimune
s

Fonte:  http://www.alefnews.com.br.



Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br