Notícias
Sol Chip cria a bateria solar eterna

Sol Chip cria a bateria solar eterna

sol chip

Uma bateria com energia infinita. Será que a empresa israelense Sol Chip descobriu a forma de fazê-la? A empresa com sede em Haifa desenvolveu a primeira bateria solar do mundo que é capaz de se recarregar sozinha para fornecer energia a sensores sem fio e dispositivos eletrônicos móveis.Operável na luz do sol e em ambientes com pouca luz, as baterias são um resultado da polinização cruzada das tecnologias de células solares e microchips.

“A empresa oferece a tecnologia que faltava e que melhorará as vida das baterias ou, em muitos casos, eliminar a necessidade de uma bateria como uma fonte de energia em aplicações de baixo consumo”, diz a CEO e fundadora da Sol Chip, Dra. Shani Keysar.

“A ideia é que os chips precisam de energia, então por que não dar a energia a eles diretamente?” diz Keysar à NoCamels. Antes da Sol Chip, ela teve uma ampla experiência como pesquisadora no Technion e, mais tarde, passou 15 anos na indústria de semicondutores. Foi durante os últimos anos que a ideia para uma bateria solar foi concebida, a partir da sua pesquisa inicial sobre como a energia solar pode ser utilizada para combater os crescentes níveis de poluição das muitas empresas industriais de Haifa.

O produto atual da empresa está limitado a uma saída de 8,4 volts de energia. Embora seja considerada uma saída relativamente baixa, ela pode fornecer energia para uma ampla gama de dispositivos de uso externo. Como um primeiro passo, a empresa está trabalhando em adaptar as baterias solares em sensores que são utilizados amplamente nas áreas da agricultura, atividade rural, testes meteorológicos, bem como em aplicações relativas à segurança.

O mercado de um agricultor

sol chip 1

O chip solar

Um mercado que a Sol Chip espera abordar é a indústria leiteira. Muitas vezes, monitores são fixados em vacas, para coletar informações sobre o animal e garantir a qualidade do leite. Entretanto, esses sensores funcionam atualmente com baterias que precisam ser substituídas. A Sol Chip diz que a sua bateria poderia ser um substituto econômico e ecológico.

A Sol Chip já está trabalhando com a Netafim, uma empresa israelense que se especializa em tecnologia de irrigação por gotejamento para a agricultura, para substituir as baterias nos seus gotejadores pela bateria solar. A principal vantagem do uso das baterias solares da Sol Chip é óbvia: economia nos custos de manutenção para os clientes a longo prazo, à medida que ela elimina os altos custos que envolvem a substituição das baterias. Se um agricultor precisa substituir uma bateria em um sensor externo atualmente, ele precisa enviar a unidade para a fábrica ou contratar os serviços de um técnico para o campo para substituí-la. Ambos os métodos são caros.

Embora as células solares já existam há bastante tempo e os microchips sejam a base dos dispositivos eletrônicos, a Sol Chip afirma que não há nenhuma empresa conhecida na indústria de semicondutores que tenha integrado com sucesso células solares dentro do processo padrão de fabricação de chips de uma forma rentável. Atingir essa meta exige um profundo conhecimento e experiência dos processos de fabricação de semicondutores, e Keysar tinha a vantagem de ser muito bem versada nesses processos.

A Sol Chip tornou pública a sua principal bateria solar em abril deste ano na Conferência e Exposição Internacional em Berlim, a principal conferência de captação de energia do mundo.

Equipe pequena, grande alcance

Enquanto a técnica de fabricação da empresa é patenteada, isso não ocorre sem a sua parcela de concorrentes. Os concorrentes mais próximos da empresa são aqueles que fabricam células solares pequenas. Embora as células solares atendam à mesma função de produzir eletricidade a partir da luz, Keysar afirma que a vantagem da bateria solar é poder fornecer saída em muitas tensões diferentes, algo que as células solares atuais não conseguem fazer.

A startup está voltada primeiramente para os mercados norte-americano e europeu. “É fácil para nós, pois já temos as conexões e as pessoas nesses mercados”, diz Keysar.

Os principais clientes da Sol Chip serão os integradores de hardware que desenvolvem e fornecem sistemas de sensores para agricultura, atividade rural e segurança de defesa. Embora o número de funcionários da equipe seja pequeno (atualmente está em seis), ela já lançou as suas redes globalmente. Além de uma rede de representantes na Europa que ajuda a promover a presença da Sol Chip, a empresa também designou um diretor de marketing permanente no Canadá. Nos próximos anos, Keysar pretende expandir o alcance da empresa para o Extremo Oriente, bem como na Índia.

Com US$ 2,5 milhões de fundos levantados até agora a partir do escritório da sua Cientista Chefe, a Sol Chip dedicou a maior parte do dinheiro para P&D. A empresa também está procurando levantar fundos adicionais em uma futura rodada de financiamentos de Série B, para compensar os custos de P&D e qualificação do produto para a próxima geração de baterias solares na qual está trabalhando. “A próxima geração de baterias solares terá gerenciamento de energia integrado às baterias, para tornar a coleta de energia mais eficiente”, diz Keysar.

Fonte: http://nocamels.com/2013/07/sol-chip-is-en-route-to-creating-the-never-ending-battery/

- See more at: http://itrade.gov.il/brazil/?p=1830#sthash.NI7nxgmh.dpuf



Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br