Notícias
Independência do Estado de Israel é celebrada na ALMG

 

Independência do Estado de Israel é celebrada na ALMG

Reunião, ocorrida na noite desta segunda-feira (6), comemorou os 65 anos de existência do Estado de Israel.

Parlamentares, autoridades e convidados de entidades israelitas comemoraram os 65 anos de independência de Israel
Parlamentares, autoridades e convidados de entidades israelitas comemoraram os 65 anos de independência de Israel - Foto: Willian Dias

O Dia da Independência de Israel, comemorado em 14 de maio, foi lembrado durante Reunião Especial de Plenário, na noite desta segunda-feira (6/5/13). Parlamentares, autoridades e convidados de entidades israelitas compareceram à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para comemorar os 65 anos de independência de Israel. O autor do requerimento para homenagem foi o deputado João Leite (PSDB).

 
 
 
 
00:00
 
00:00
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
00:00
 
00:00
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Homenagem à independência de Israel

Em seu pronunciamento, o parlamentar destacou a importância família, que existia antes mesmo dos partidos políticos, dos governos e das nações. “A história do povo de Israel se inicia com Abraão, o primeiro patriarca. Primeiro a proclamar que o mundo tem um único Senhor. Abraão seguiu a voz de Deus”, afirmou.

João Leite lembrou que Abraão foi o primeiro judeu e que, por meio dele, selou uma aliança sagrada e perpétua com o povo de Israel, que comemora hoje os 65 anos da volta para a terra sagrada. “Abraão nos ensinou a fidelidade, a bondade, a fé e a coragem, valores que forjaram a Nação Judaica, e que me inspiram nesta noite a defender a maior de todas as instituições, a milenar contribuição de Israel para a humanidade: a família”, disse João Leite. "Estamos aqui celebrando a vida, a família e a liberdade", finalizou.

Durante a solenidade, foi entregue placa alusiva à homenagem ao presidente da presidente da Federação Israelita do Estado de Minas Gerais (Fisemg), Marcos Brafman. Ele agradeceu estar nesta Casa comemorando novamente mais um aniversário de independência de Israel.

Durante a solenidade, foi entregue placa alusiva à homenagem ao presidente da Fisemg, Marcos Brafman
Durante a solenidade, foi entregue placa alusiva à homenagem ao presidente da Fisemg, Marcos Brafman - Foto: Willian Dias

Justiça – Para Marcos Brafman, há 65 anos foi feita justiça histórica, já que os judeus lutaram para voltar à terra dos seus antepassados, onde nasceu o povo judeu. "É a segurança de uma vida de liberdade", disse Brafman. Ele destacou ainda que os judeus vêem com orgulho o desenvolvimento de Israel nos mais diversos campos, que são compartilhados com a humanidade. Para Marcos Brafman, todo judeu e não judeu se emociona ao visitar Israel e constatar o que foi feito em tão pouco tempo, em 65 anos. "Tudo conquistado com muito trabalho e baseado nos valores judaicos", afirmou.

Representando o presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), o deputado Rômulo Viegas (PSDB),fez um apanhado histórico, relembrando os 65 anos de existência do Estado de Israel. Lembrou o Holocausto, quando morreram seis milhões de judeus, e que após de tamanho sacrifício pudessem regressar à pátria de origem. “Desde então, vem sendo construído um estado moderno e democrático, mesmo numa longa situação de conflito com vizinhos árabes”, afirmou. Conflitos estes que foram lembrando pelo presidente da Fisemg, Marcos Brafman, que acredita no dia que todos viverão em paz na região.

Rômulo Viegas ainda destacou que Israel, hoje, abriga a maior população de judeus do mundo, à frente da norte-americana, tornando-se o centro da vida judaica mundial. “Seu crescimento convive com as questões imediatas e próximas do extremismo islâmico, das atitudes controversas do Irã e da própria soberania de Jerusalém”, disse. “O mundo que assegura a Israel seu direito de existência espera, ansiosamente, pelo estabelecimento definitivo da paz, pondo fiam a tantas décadas de conflito entre palestinos e judeus”, completou.

Durante a reunião, houve apresentações do Hino de Israel e do Hino Nacional Brasileiro, feitas pela cantora Paola Giannini. Ela também apresentou músicas de compositores israelitas.

Além das autoridades citadas, compuseram a Mesa o cônsul honorário de Israel em Minas Gerais, Sílvio Musman; o cônsul honorário da Polônia em Minas Gerais, Sérgio Pitchon; e a representante da Secretaria Municipal Adjunta de Relações Internacionais, Janine Ladeira de Avelar.

História – Em 14 de maio de 1948, Israel proclamou sua independência, colocando fim ao mandato britânico. Menos de 24 horas depois, exércitos do Egito, Jordânia, Síria, Líbano e Iraque invadiram o país. Na chamada Guerra de Independência de Israel, as então recém-formadas forças de Defesa ficaram em combate durante aproximadamente 15 meses. Com o fim da guerra, Israel concentrou-se na construção do Estado. Os primeiros 120 assentos do parlamento, o Knesset, entraram em funcionamento após as eleições nacionais em 25 de janeiro de 1949. Em 11 de maio do mesmo ano, tornou-se o 59º membro das Nações Unidas.

Veja o vídeo: http://www.almg.gov.br/acompanhe/tv_assembleia/videos/index.html?idVideo=753434&cat=90

Fonte: http://www.almg.gov.br/acompanhe/noticias/arquivos/2013/05/06_plenario_reuniao_especial_independencia_estado_israel.html

 



Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br