Notícias
Empresa israelense cria painéis solares em janelas para gerar energia para edifícios

Empresa Israelense Cria Painéis
Solares em Janelas para Gerar
Energia para Edifícios
 
Uma startup israelense está tentando implementar a energia solar em lugares com grandes aglomerações urbanas, gerando energia a partir das janelas de edifícios e arranha-céus. De acordo com Pythagoras Solar, os edifícios são os maiores consumidores de energia no mundo e também são os menos eficientes em termos energéticos.
 
 
Meir Ukeles, membro do Conselho de Administração da empresa e um dos seus investidores de capital de risco, diz que é difícil posicionar grandes painéis solares em densas áreas urbanas, principalmente devido à falta de espaço. Mesmo quando há espaço suficiente, os painéis solares têm mais limitações, já que precisam ser orientados em direção ao sol e são sensíveis a fatores ambientais, tais como sujeira.
A empresa diz que seu objetivo é poder aproveitar a energia solar para criar edifícios autossustentáveis em termos de energia, que reduzam o consumo de energia. Para isso, eles desenvolveram uma Unidade de Vidro Fotovoltaico – uma janela que tem células solares incorporados entre os painéis duplos de vidro, que ao mesmo tempo economiza e gera eletricidade.
A eletricidade produzida é transformada através de um inversor DC / AC e depois canalizada para o sistema elétrico do edifício e pode então ser utilizado para alimentar a área.
 
Eficiência energética, geração de energia, transparência
 
Segundo a empresa, a Unidade de Vidro Fotovoltaico, que se baseia em tecnologia ótica de patente pendente, pode gerar eletricidade suficiente para edifícios inteiros. “As janelas têm um maior nível de transparência que as janelas normais e, portanto, otimizam a iluminação natural no interior dos edifícios e aumenta os ganhos de eficiência energética através da redução dos custos de ar-condicionado e iluminação.”
As células solares são adaptáveis e podem ser instaladas em quase todos os tipos de janela – e podem ser integrados em processos convencionais de construção. “A tecnologia existe e a necessidade existe. É apenas uma questão de ajuste fino e de colocá-lo no mercado”, diz Ukeles.
O preço de uma janela com painel solar é atualmente cerca de 30 por cento superior a uma janela normal, mas Pythagoras Solar diz que o retorno do investimento pode ocorrer dentro de cinco anos.
“Esta tecnologia é especialmente relevante para os países ocidentais e em desenvolvimento com uma população de alta densidade urbana, como o Japão e a China, onde há cidades com 19 milhões de habitantes e faz muito sentido economizar energia”, acrescenta Ukeles.
 
Planos pilotos nos EUA
 
Em julho de 2011, a empresa ganhou uma concessão de US$ 100.000,00 do Desafio Ecomagination da General Electric. Seu primeiro piloto nos EUA foi lançado em 2011, no Willis Tower de Chicago, e foi seguido por um projeto adicional na Organic Valley, de Wisconsin.
A empresa já recebeu pedidos de empresas nos Estados Unidos, França e Japão. Esses projetos devem ser iniciados no próximo ano.
A Pythagoras Solar foi concebida em Precede Technologies, uma incubadora de Israel que congrega cientistas, inventores e empresários. A empresa foi fundada em 2008 e possui operações nos Estados Unidos, Israel e China.
 
----------------------------------
Fonte: No Camels


Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br