Notícias
Diretor da Agência de Cooperação Internacional de Israel participa da Rio+20

O programa de Programa de Cooperação de Israel para o Desenvolvimento Internacional foi lançado em 1957 com o objetivo de dividir com o restante do mundo o conhecimento, a experiência e a tecnologia bases para o rápido desenvolvimento de Israel. O Mashav, Agência de Cooperação Internacional de Israel, é dirigida pelo Embaixador Daniel Carmon, que está participando da Rio+20.

 Durante a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, além de diversos outros encontros e reuniões, o Embaixador Carmon se reuniu com a delegação das Ilhas Salomão, com a  EMBRAPA e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), o Japão, Vanuatu e com a Nova Zelândia.

O Programa  

O programa de Programa de Cooperação de Israel para o Desenvolvimento Internacional foi lançado em 1957 com o objetivo de dividir com o restante do mundo o conhecimento, a experiência e a tecnologia bases para o rápido desenvolvimento de Israel. O Mashav, Agência de Cooperação Internacional de Israel, é dirigida pelo Embaixador Daniel Carmon, presente na Rio+20, e começou em uma época em que Israel ainda se desenvolvia. Tornou-se, então, um extensivo programa de cooperação em todo o mundo, objetivando garantir desenvolvimento sustentável nos campos social, econômico e ambiental, onde Israel compartilha com o mundo inteiro o que sabe sobre desenvolvimento, especialmente por ser um pais com poucos recursos naturais. Em resumo, Israel aprendeu a fazer mais com menos. Cursos em diversos países, sobre agricultura verde, melhor utilização dos recursos hídricos, saúde, seg! urança, desenvolvimento, entre tantos outros, são a base do programa para o mundo.

 

Mashav no Nepal

                                                                                                     

Durante a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), além de diversos outros encontros e reuniões, o Embaixador Carmon se reunirá com a delegação das Ilhas Salomão, objetivando assinar um acordo de cooperação. Também, como destaque, se reunirá com a EMBRAPA e com a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), a fim de trabalhar juntos em benefícios de países terceiros, especialmente na África. Também haverão encontros com o Japão, Vanuatu e com a Nova Zelândia.

 

O Mashav passou a atuar no continente africano na década de 1950, com o envio de especialistas israelenses nestas áreas que instruíam os agentes locais com experiências e conhecimentos. Desde 1967 o programa atua, também, junto aos países latinoamericanos. Atualmente, está presente também em países da Ásia (incluindo os países islâmicos que mantêm relações diplomáticas com Israel) e, também, nos Territórios Palestinos, onde atua com consultoria, transferência de tecnologias agrícolas e projetos conjuntos.

 

A filosofia é incentivar os profissionais do mundo em desenvolvimento a encontrar as próprias soluções para suas questões, para posteriormente adaptá-las à realidade de seus países. O Mashav opera de acordo com as necessidades e demandas provenientes dos países parceiros, ao invés de fornecer programas orientados iniciados por Israel que possam não ser relevantes e eficazes em outros lugares. Além disso, a Agência foca os seus programas de formação profissional nos atuais desafios globais, como a adaptação às alterações climáticas e a segurança alimentar.

 

Curso do Mashav em enfermagem

 

A Agência vem organizando cursos de pós-graduação com bolsas de estudos, sobre diferentes disciplinas, em seus centros de formação em Israel. Estes programas visam desenvolver os recursos humanos e habilidades profissionais, combinando teoria e planejamento prático que enfatizam a erradicação da fome e pobreza, através de um desenvolvimento contínuo, além da promoção da proteção ambiental, desenvolvimento comunitário e transferência de tecnologia. Com cursos em Israel e no exterior, o Mashav já cooperou com mais de 50.000 bolsistas de todo o mundo, sendo que destes, cerca de 500 são brasileiros.

 

A cooperação de Israel com o mundo vai da saúde pública à medicina em situações de emergência, de modernas técnicas para aumento da produtividade agrícola ao combate à desertificação, passando pelo gerenciamento otimizado de recursos hídricos, desenvolvimento rural e urbano integrado, além de educação e capacitação de profissionais, ajuda humanitária diante de desastres naturais e ameaças naturais ou provocadas.



Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br