Notícias
Israel na Rio+20 -100 anos de Verde

 

100 anos de Verde
 
 
Cem anos atrás, a terra de Israel sofria um problema ecológico. Por quatro séculos, milhões de árvores foram cortadas por uma simples razão: impostos sobre propriedade eram calculados sobre o número de árvores pertencentes a proprietários de terras.
 
 
 
"Yatir Forest" é a maior floresta plantada em Israel, com mais de
 quatro milhões de árvores de diferentes tipos como pinheiros,
alfarrobeiras, oliveiras, eucaliptos entre outras.
 
Então, em 1910, o primeiro kibutz foi fundado na costa do Mar da Galiléia, dando um impulso prático para o sonho de fazer florescer o deserto. Um esforço histórico e coletivo foi realizado para restaurar as florestas de Israel e transformar uma paisagem angustiada em um paraíso fértil. Cem anos mais tarde, Israel é um país pintado de verde.
 
Israel é um dos poucos países do mundo que tem mais árvores hoje do que há 100 anos. Foi em 1901 que o Fundo Nacional Judaico (KKL) foi criado com a meta de supervisionar o reflorestamento de Israel. Durante o século que se seguiu, o plantio de mais de 240 milhões de árvores transformou a paisagem, as encostas e os níveis de oxigênio do país. Israel é hoje uma terra de florestas e pastagens, e não mais de deserto estéril.


Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br