Notícias
Convenção da Conib mostra ações da gestão 2008-2011 e define prioridades

Fonte: CONIB

 

Em sua 42ª convenção anual, realizada nos dias 18 e 19 de novembro em Curitiba, a Confederação Israelita do Brasil decidiu manter a prioridade de sua atuação na área política, na comunicação e na formação de lideranças.

Foram apresentadas as principais realizações da entidade entre 2008 e 2011 nestas áreas, e também no combate à intolerância, no diálogo inter-religioso e na modernização de estruturas comunitárias. A diretoria, sob a gestão de Claudio Lottenberg, foi reeleita para o triênio 2012-2014. Também foram divulgadas as principais ações das entidades federadas.

Um painel especial tratou da juventude e da formação de novas lideranças comunitárias, com a participação de Natan Freller, educador do movimento juvenil Avanhandava, da Congregação Israelita Paulista; Átila Cordova, ex-presidente nacional do movimento juvenil Habonim Dror; Mauricio Szporer, presidente da Sociedade Israelita da Bahia e da Associação dos Ex-Alunos do Programa de Liderança da Conib; e Michel Gherman, coordenador acadêmico da instituição cultural Hillel Rio.

Com a incorporação de novos membros em sua diretoria, a Conib visa atender de forma mais próxima as pequenas comunidades e também expandir os contatos internacionais. A implantação de métodos modernos de gestão para as federadas e suas entidades também está na ordem do dia.

Em palestra muito aplaudida, o ex-governador do Paraná e ex-prefeito de Curitiba Jaime Lerner lembrou a semelhança existente entre um dos principais símbolos judaicos, a menorá, e a araucária, árvore símbolo do Paraná. Ele mostrou como o judaísmo pode inspirar o planejamento urbano, propondo que o segredo da tolerância [na cidade] é a coexistência entre os diferentes.

Uma delegação do Claims, organização internacional que luta pelos direitos dos sobreviventes do Holocausto e é representada no Brasil pela Unibes, apresentou as condições requeridas pelos programas indenizatórios de diversos governos europeus.

A convenção teve a participação de cerca de 70 pessoas, trazendo à capital paranaense o embaixador de Israel no Brasil, Rafael Eldad, o cônsul-geral de Israel em São Paulo, Ilan Sztulman; o filósofo Denis Rosenfield, o sociólogo Bernard Sorj; o cientista político Samuel Feldberg; o jornalista Alon Feuerwerker; o empresário Miguel Krigsner [idealizador do Museu do Holocausto, em Curitiba]; lideranças comunitárias de 14 estados brasileiros e representantes de entidades judaicas com presença nacional: Câmara de Comércio Brasil-Israel e as organizações femininas Na’amat Pioneiras e Wizo.

Todos os participantes se juntaram à comunidade curitibana para a celebração do Shabat, na sinagoga Beit Yaacov, recentemente inaugurada. Na noite de sábado, dia 19 de novembro, o encontro anual foi encerrado com um jantar na capital paranaense, que teve a presença do governador do Estado, Beto Richa, do presidente do Congresso Judaico Latino-Americano, Jack Terpins, e da diretora do Instituto Lula, Clara Ant.

Veja galeria de fotos da convenção e do jantar de encerramento.

 


Participantes da convenção anual da Conib, em Curitiba. Foto: Eliana Assumpção.


Equipe da comunidade judaica do Paraná. A partir da esquerda: Isac Baril, Leo Kriger, Szyja Lorber, Ilana Lerner Hoffmann, Manoel Knopfholz, Sharon Paridini Gusso e Leon Knopfholz. Foto: Eliana Assumpção.


Claudio Lottenberg (centro) com os presidentes das federações israelitas de 14 Estados brasileiros. Foto: Eliana Assumpção.


Rafael Eldad (esq.), embaixador de Israel no Brasil, e Claudio Lottenberg. Foto: Eliana Assumpção.



Panorama da convenção da Conib, em Curitiba. Foto: Eliana Assumpção.




Redes Sociais
Rua Rio Grande do Norte, nº477 – Funcionários - Belo Horizonte - MG | CEP: 30130-130
Telefone: (31) 3224-6673 | e-mail: fisemg@fisemg.com.br